domingo, 20 de setembro de 2009

Felicidade celestial

A minha edição da obra total dos Beatles saída a 9 de Setembro chegou na quinta-feira ao Colosso. Infelizmente eu não estava lá para a receber, que precisei de usar esse dia e o seguinte como dias de férias para tratar de assuntos relacionados com o livro do centenário do Liceu. Ontem foi o piquenique do Ié-Ié (que adorei, pessoas fantásticas). Hoje não aguentei, enfiei-me no metro e fui buscar a minha preciosidade. O polícia que veio abrir-me o portão de entrada dos carros ficou espantado por me ver aparecer a um domingo, lá foi procurar a chave do meu gabinete (todos são fechados à chave à noite) e até me fez companhia. «Ó D. Teresa, isso é que é amor pelos Beatles!», riu ele, quando lhe mostrei o meu tesouro.

No metro quase vazio, na viagem de regresso, mirava e remirava a caixa, extasiada, um sorriso de felicidade irreprimível e (por certo) completamente cretino. Nem resisti a fotografá-la logo ali. Um casal americano (o metro, para aquelas bandas, tem mais estrangeiros do que portugueses), aí entre os 60 e os 70, no banco do lado, não resistiu a meter-se comigo:

— My! You're some Beatles's fan, huh?

Acenei risonhamente que sim, que era uma grande fã.

— What's your favourite album? — perguntou a senhora.

Hesitei, como hesito sempre.

— Hmmm... I wouldn't know. I would say Rubber Soul or Abbey Road, but then there's Help!, and the White Album, and Sgt. Pepper's... And Beatles For Sale...

Escangalharam-se os dois a rir.

— You're a total Beatlemaniac!, disse o senhor.

Confirmei orgulhosamente. Disseram-me que assim que voltassem para casa (Columbus, Ohio), na quarta-feira, também iam comprar, era coisa imprescindível. Ele tinha estado no concerto do Hollywood Bowl, em 1965, fulminei-o com um olhar perdido de inveja. Na altura ainda não se conheciam, mas ambos tinham assistido em directo à lendária actuação dos Beatles no Ed Sullivan Show. Saíram na estação do Parque, apertando-me calorosamente a mão. «Bye, honey», ainda disse a senhora, fazendo-me uma festa no cabelo.

Ontem, no piquenique, eu tinha perguntado se alguém achava o novo som dos discos assim tão diferente. Eu ainda só tinha ouvido Please Please Me, o disco que comprei no dia do lançamento, pelo simbolismo, e do qual tenho agora três exemplares (além do vinil, claro) ,e não percebia exactamente onde estava a diferença. Ninguém me deu uma resposta conclusiva. Proclamei que, assim que tivesse a caixa nas mãos, iria fazer o teste com When I'm Sixty-Four, que tem um fantástica distribuição de diferentes instrumentos entre as duas colunas.

E assim fiz. Mal cheguei a casa, retirei Sgt. Pepper's do celofane, espetei os auscultadores na cabeça e... meus amigos, fiquei DES-LUM-BRA- DA!!! Que clareza, que pureza de som!!! Repeti a faixa umas quatro vezes, e não resisti a pôr também o tema título e She's Leaving Home, que corre o sério risco de ser a minha favorita entre todas as músicas dos Beatles.

A seguir passei para Rubber Soul, eterno grande amor, que ouvi corrido, com a maior atenção. Em I'm Looking Through You, outra das minhas eternas favoritas, detectei, na coluna esquerda, uma deliciosa batida de nem sei que instrumento na qual nunca tinha reparado. Estou em êxtase, é o que vos digo!



Desculpem a questão da música, estou outra vez com problemas, o hotlinkfiles.com não está a funcionar. E o parvo do imeem.com continua a dar só 30 segundos de música, não é? Confirmam-me, por favor? É que eu oiço-a na íntegra, mas deve ser porque foi alojada por mim. Para a ouvirem toda terão, provavelmente, de abrir o link.

Posted by Picasa

7 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Rato disse...

Esta descrição está magnífica, Teresa. Parabéns!

Teresa disse...

Que simpático, Rato! :)
Muito obrigada!

Peter @ Enviroman disse...

I have responded (twice) to your comment at Hot Linking File host for embedding